Prédio é multado em R$ 200 mil pela Flama

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 96 visualizações,  8 views today

Um edifício foi multado pela Fundação Lagunense de Meio Ambiente (Flama), na última quarta-feira, 16, em R$ 200 mil. A informação foi confirmada pela Prefeitura de Laguna em seu site oficial.

Segundo a nota, os valores são referentes a Operação Lacre Ambiental que fiscaliza as ligações clandestinas no bairro Mar Grosso, região da Praça do Villa. As ações já chegam ao 17° dia. No dia 4 de janeiro, outro prédio havia sido multado em R$ 700 mil.

Em outra ação, prédios foram notificados para que liguem o esgoto no novo sistema implantado pela Casan, responsável em levar os fluídos para a Estação de Tratamento de Efluentes – ETE, na Vila Vitória.

“Aqueles imóveis que estão ligados na fossa, e já passa na sua rua a rede nova da Casan, chamada emissário terrestre, devem desativar e higienizar a fossa, ligando-se diretamente à rede do esgoto tratado”, salienta a Aline Trichês, bióloga da Flama.

A presidente da Flama, Deise Daiana Xavier Cardoso, alerta os moradores para “procurarem à Casan para verificar se a ligação cloacal da sua casa, edifício, comércio está regularizada. No tocante à tubulação pluvial, (água da chuva), as ligações devem desembocar nas sarjetas onde a água será conduzida até as bocas de lobo e nunca estarem ligadas na rede de esgoto. A equação é simples: Esgoto, na rede da Casan, e águas pluviais (água da chuva), nas sarjetas.”

Ainda, a presidente da Flama destaca que “quando encontramos ligações clandestinas de esgoto na rede pluvial, lacramos e multamos imediatamente, sendo que o valor inicial da multa é R$ 5 mil reais podendo chegar a milhares de reais, conforme critérios estabelecidos na Portaria 170 da Fatma e Batalhão da Polícia Militar Ambiental.

Notícias relacionadas