Foto: PC/Divulgação

A Polícia Civil de Pescaria Brava cumpriu na tarde de sexta-feira, 25, um mandado de busca e apreensão, e de prisão preventiva de um homem de 43 anos, suspeito de ter cometido estupro de vulnerável.

A investigação foi iniciada após a polícia receber recentemente denúncias de que duas menores teriam sido vítimas do suspeito. As idades não foram divulgadas.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Carolina Quintana Guedes, os casos já vêm acontecendo há alguns anos. Na casa do suspeito, que encontra-se recluso na Unidade Prisional Avançada, os agentes encontraram na residência do homem, diversos materiais pornográficos que serão analisados no inquérito policial.

O crime de estupro de vulnerável está presente no artigo 217-A do Código Penal e é configurado quando ocorre qualquer ato libidinoso como relação sexual ou toque em órgãos genitais de menores de 14 anos. Segundo a lei, a pena prevista é de oito a 15 anos de reclusão.