Foto: Polícia Civil /Agora Laguna

A Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso ( DPCAMI ) de Laguna cumpriu, na tarde desta segunda-feira, 28, no bairro Cabeçuda, um mandado de prisão preventiva em desfavor de F.P.F., 38 anos, em razão da prática do delito de descumprimento de medidas protetivas de urgência deferidas em favor de sua ex-companheira.

De acordo com a Polícia Civil, conforme apurado, após a separação do casal, o suspeito praticou violência  física e psicológica contra a ex-companheira, que solicitou medidas protetivas de urgência para preservar sua integridade. Entretanto, o investigado descumpriu as determinações judiciais e manteve contato com a vítima em seis ocasiões, ao menos.

Assim, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva para garantir o cumprimento da decisão judicial. A cautelar foi deferida pelo Poder Judiciário após manifestação favorável do Ministério Público.

O preso foi encaminhado à Unidade Prisional (UPA) de Laguna, onde se encontra à disposição da Justiça.

Colaboração: Comunicação/Polícia Civil de Laguna