Claudionor Pereira, presidente do PT de Laguna, morre aos 59 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 216 visualizações,  4 views today

Morreu na manhã desta quinta-feira, 10, em Criciúma, o presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), Claudionor Dias Pereira aos 59 anos de idade. Claudinho, como era conhecido, também estava a frente da diretoria da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Laguna.

Claudinho chegou a ser internado em Tubarão com suspeita de pneumonia, segundo informações preliminares, e foi transferido durante a noite para o Hospital São José, em Criciúma.

Por duas oportunidades o seu nome esteve à disposição do partido como candidato a vereador nas eleições municipais de 2008 (272 votos) e 2012 (324), não sendo eleito. Em 2008, foi agraciado com o título de Amigo do Hospital de Laguna.

O velório acontece a partir das 19h30, na capela mortuária da funerária Gomsan e o sepultamento será no cemitério municipal da Cruz às 10h, de sexta-feira, 11.

Entidades manifestam pesar

A Câmara de Vereadores de Laguna, em suas redes sociais, publicou uma nota de pesar pela morte de Claudinho. No texto, Cleosmar Fernandes, presidente do Legislativo lagunense, diz que “neste momento de dor, nos solidarizamos com seus familiares ratificando nosso sentimento de pesar pela perda, pois era um militante da política da cidade”.

A Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas de Santa Catarina também se manifestou: “A Feapesc enlutada, expressa aos seus familiares, amigos e também aos diretores da Associação de Laguna, sinceras condolências”.

O PT de Santa Catarina divulgou em seu site oficial, uma nota de falecimento, noticiando os dados do velório e sepultamento. O texto é acompanhado por uma foto de Claudinho ao lado da ex-presidente da República, Dilma Rousseff, quando esteve visitando o território catarinense anos atrás. O “companheiro”, diz a nota, era “grande militante político e um apoiador incansável das lutas dos trabalhadores e trabalhadoras.”


Atualizado às 18h50

Notícias relacionadas