Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Uma guarnição da Polícia Militar de Laguna, foi acionada por volta das 18h24, desta sexta-feira, 07, até as proximidades de um hotel no Centro Histórico. A solicitante informava ter sido vítima de agressão praticada pelo seu marido.

No local, os policiais conversaram com a mulher, que confirmou a denúncia. Ela relatou ter sido atingida com um soco no rosto e disse que o companheiro ainda a agrediu com a lateral de um facão, batendo em partes do corpo, como pescoço e braço.

Segundo a corporação, a moça relatou ainda que o marido havia trancado a residência, impediu seu acesso. Os policiais se dirigiram até a moradia do casal e encontraram o companheiro da vítima sobre a cama.

Na abordagem, a PM visualizou um revólver de pressão Smith Wesson, calibre 4.5mm, em cima de um balcão. Os agentes ainda localizaram o facão em cima do sofá, próximo à porta da cozinha.

Ao ser questionado, disse ter apenas se defendido da mulher, que seria agressiva, após mais uma discussão e contou que o revólver e o facão são itens de defesa pessoal para caso houvesse ação criminosa.

Segundo relato do rapaz à PM, ele disse estar sofrendo de cirrose hepática e com sintomas de depressão, causados pelas mortes recentes de familiares.

A vítima foi encaminhada ao hospital para a realização de exames para comprovar as agressões e o companheiro dela, levando à delegacia para os procedimentos cabíveis. As duas armas foram apreendidas.

Com informações da Polícia Militar.