Aos quinze anos de idade, o carioca Antônio Carlos de Oliveira trocou a cidade maravilhosa para viver em Laguna e não deixou mais a terra de Anita. Hoje com 53 anos, Toninho, como é mais conhecido, se tornou uma das figuras mais populares do município, sendo possível encontrá-lo quase sempre como guia de um grupo de turistas que chega à cidade.

Foi no setor de turismo, onde ingressou como agente na década de 1990, que encontrou sua vocação. Desde então, vem procurando sempre novos conhecimentos na área para repassar aos turistas que chegam à Laguna.

Na busca de especializações, Oliveira que até então poderia atuar apenas em excursões regionais pelo estado, conquistou uma nova credencial do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur), nesta quarta-feira, 26, que o autoriza a estar à frente de excursões de nível nacional e internacional, por países da América do Sul.

“Isso para mim é um ganho, é uma felicitação enorme, poder representar minha cidade, levar grupos e acompanhar agências nas excursões”, comemora.

Cidadão lagunense

Pelos serviços prestados à cidade, Antônio Carlos de Oliveira recebeu em 2018 o título de cidadão lagunense, por iniciativa do vereador Osmar Vieira (PSDB). Em Laguna, Toninho exerceu funções no setor de enfermagem do Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos, foi inspetor de estudantes na Fundação Bradesco e ainda diretor da Central de Informações Turísticas.

Chegou a ser presidente da Turma Organizada do Progresso (TOP), que organizava atividades sociais com jovens daquele bairro e por duas eleições, 2008 e 2012, se apresentou como candidato a vereador pelo Partido dos Trabalhadores (PT), na primeira teve 129 votos e na segunda, 111, ficando como suplente.

Cadastur

O programa atua como um cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo. É coordenado pelo Ministério do Turismo (Mtur), em conjunto com os órgãos oficiais de turismo das 27 unidades federativas do país, permitindo o acesso a diferentes dados sobre os prestadores de serviços turísticos cadastrados.

O objetivo do projeto é promover o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil, por meio do cadastramento. O cadastro é gratuito e é feito pelo site do Cadastur. Para saber mais, acesse esse link.

Em Laguna, por conta de uma lei sancionada em 2015, é proibido que os grupos ou excursões, mesmo que já estejam acompanhados por um guia, dispensem a prestação de serviço do profissional cadastrado na Secretaria de Turismo da cidade. Os guias de turismo regional cadastros, podem ser encontrados aqui.