Divulgação/PML

Em despacho proferido no dia 28 de novembro, a promotora de justiça substituta Letícia Vinotti da Silva, convoca para segunda-feira, 03, às 16h, no Fórum da Comarca, uma audiência extrajudicial com base em inquérito civil instaurado pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Laguna, visando discutir a situação da travessia da balsa que liga a região da ilha à cidade. Conforme o documento (veja no fim da matéria), foram convocados os representantes da associação de moradores, da empresa concessionária, procurador jurídico e o prefeito da cidade.

No mês passado, uma reunião no fórum já havia discutido as revindicações dos moradores quanto a travessia da balsa, cuja tarifa foi aumentada recentemente para R$ 15,00. “Hoje nós temos a dificuldade da tarifa que subiu novamente para R$ 15 e isso pesa no bolso do pescador e do trabalhador. Além disso não temos banheiro e nem abrigo para dias de chuvas. É um transtorno para os usuários”, comenta Maria Aparecida Ramos, liderança local e moradora da região.

“A reivindicação é justa e sempre estivemos dispostos a conversar e estaremos acatando a toda decisão judicial. Mas precisamos que o poder público cumpra também com suas obrigações e arque com o ônus”, ressaltou à época, Adílcio Cadorin, advogado da empresa Laguna Navegação, concessionária do serviço.

Convocado, o prefeito Mauro Candemil disse na noite deste domingo à reportagem do Portal Agora Laguna que não estará na audiência pois participará de uma reunião com o governador Eduardo Pinho Moreira, em Florianópolis, acerca de pleitos e ações pendentes com a administração estadual. “O procurador geral dr. Antônio Reis estará presente, representando-me, e ouvirá o que a senhora promotora tem à propor e que providências caberão à Prefeitura Municipal de Laguna atender”, afirma.

Divulgação/Agora Laguna