Portal Agora Laguna

Instalado em maio de 2017 como solução para o esgoto do Farol de Santa Marta, o container onde funcionou a estação de tratamento foi retirado pela empresa Sisteg/Tempel Solutions em abril deste ano.

O problema foi que a base de concreto que sustentava toda a estrutura segue no local, após sete meses. Segundo moradores do Farol, em fotos enviadas ao portal, a estrutura atrapalha o trânsito, além de tirar vagas de estacionamento. “A temporada de verão está começando e esse é um espaço que poderia ser usado para carros. Tiraram o container e deixaram isso aqui como presente de grego”, lamenta um morador.

A empresa afirma que em acordo feito durante a instalação, a responsabilidade da construção da base, foi da prefeitura. “Infelizmente precisamos retirar o container, pois havia um acordo de manutenção com a prefeitura. Tivemos toda a estruturada montada pela empresa e nada de contrapartida”, destaca Luis Durek, engenheiro civil da Tempel. (Confira o documento na galeria abaixo).

Segundo o prefeito Mauro Vargas Candemil, o município “está aguardando o projeto de estação de bombeamento da Casan, para saber se serão aproveitadas estas estruturas ou não”.

Já o gerente da Casan local, Giovani Pickler, afirma que a empresa não utilizará a base antiga.

A empresa lagunense, Sisteg/Tempel Biosolutions é quem investiu na implantação da ETE sem qualquer tipo de ônus ao município. O objetivo, de acordo com seus diretores, era de ter a estação como uma espécie de showroom com o slogan “Do Farol para o Mundo”, demonstrando que é possível tratar o esgoto sem poluir.

Foto: Tempel/Divulgação