Começa poda das árvores e limpeza da Carioca

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 148 visualizações,  4 views today

Uma equipe coordenada pela Defesa Civil e vistoriada pela Fundação Lagunense do Meio Ambiente iniciou a limpeza da parte interna da Carioca nesta segunda-feira, 11.

É necessária a limpeza da área ao redor da vertente aos pés do Morro da Carioca, que produz 3.535 mil litros por hora. Uma forma preventiva para continuar oferecendo água gratuita para a população.

A Carioca está fechada desde a semana passada.  A manutenção está sendo realizada na parte atrás do prédio histórico.

O Técnico da Defesa Civil, Silva; presidente da Fundação Lagunense do Meio Ambiente, Patrick de Souza e a representante do Conselho Municipal do Meio Ambiente, Carla Silveira estiveram visitando o local no último dia 9, para estabelecer a melhor forma de realizar a limpeza e podas de algumas árvores preservando a vegetação. No dia 6, o Conselho Municipal sugeriu que a Carioca fosse fechada para uma manutenção.

“São árvores centenárias, elas serão apenas podadas, e suas folhas e galhos no solo serão retiradas, com a nossa supervisão”, informou o presidente da Flama, Patrick de Souza.

Os detritos podem estar influenciando o solo e por decorrência a água. Três laudos apontaram desconformidade com a legislação do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Não foi apontado coliformes fecais na água.

Na parte interna da Fonte, depois de um portão de grades azuis, o que encontra-se as antigas casas de decantação da água e o local revitalizado onde um motor traz a água subterrânea para as torneiras passando por canos de inox. Bancos, antigo poste para pequenas luminárias, bromélias, ipês e pássaros moldam a beleza do local histórico datado do século 18.

A próxima etapa será a limpeza da tubulação de inox e novos laudos serão atualizados.

A intenção é realizar com maior frequência testes de potabilidade da água.

Foto: PML

Notícias relacionadas