Foto: Elvis Palma

A Câmara de Vereadores de Laguna, contrariando a aprovação feita na sessão de 20 de novembro, rejeitou o projeto 078/2018 que proíbe a comercialização e utilização dos fogos de artifício com ruídos sonoros em ambientes públicos e privados em todo o município. A votação aconteceu na última sessão ordinária de novembro, realizada na noite desta quinta-feira, 29.

A proposta deveria ter sido votada na terça-feira, 27, mas foi retirada de pauta a pedido da vereadora Nádia Tasso Lima (MDB), autora do texto. Além da proponente, votaram a favor do projeto os vereadores Rhoomening Rodrigues (PSDB), Kléber Lopes (PP) e Rogério Medeiros (PP); e contra Adilson Paulino (PSD), Patrick Mattos (PP), Rodrigo Moraes (PR), Peterson Crippa (PP), Valdomiro Barbosa (MDB), Roberto Alves (PP) e Thiago Duarte (MDB).

A proposição, que recebeu justificativa complementar, já havia sido levada ao plenário em 2017. À época, a matéria também foi rejeitada pelos vereadores e, segundo a proponente, seria apresentada novamente, o que aconteceu este ano.