Divulgação/PMA

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Laguna segue com os trabalhos de fiscalização nas águas do complexo lagunar para coibir a pesca irregular de camarão, enquanto durar o período de defeso.

Nesta segunda, 12, em operação durante o dia, os policiais em patrulhamento nas lagoas Santa Marta, Camacho, Garopaba do Sul e nos rios Tubarão e Corredor, retiraram das águas 51 redes do tipo ‘aviaõzinho’ e uma rede de emalhe para captura de bagre.

Conforme o sargento ambiental Robson Vieira, foram flagrados ainda, um pescador com a rede ‘aviãozinho’ na região da lagoa Santa Marta e outro, praticando a pesca com tarrafa em cima da ponte do rio Corredor. Este, foi encaminhado à delegacia de polícia por portar arma de fogo, calibre .38, com cinco munições.

Semana passada, os policiais já haviam apreendido mais de oitenta redes de pesca, além de 75kg de camarão em uma van. As operações são referentes ao período de defeso do camarão que encerra na quinta-feira, 15. A partir do dia seguinte, 16, a pesca volta a ser liberada.