Divulgação/CML

Na última sessão ordinária do mês de outubro, realizada na quinta-feira, 25, os vereadores de Laguna aprovaram por unanimidade o projeto de resolução 002/2018, que trata da alteração da data de realização das sessões ordinárias da Câmara Municipal. A modificação foi feita com objetivo de dar agilidade e efetividades aos trabalhos da secretaria legislativa e das assessorias jurídicas e parlamentares.

Em vez de se reunirem às segundas-feiras, os legisladores realizarão as reuniões ordinárias toda terça-feira, no período de 02 de fevereiro a 17 de julho e 01 de agosto a 22 de dezembro, nos anos legislativos. A última sessão do mês continua sendo realizada na quinta-feira.

Essa é a segunda alteração do gênero feita na atual legislatura. Em março de 2017, as sessões passaram de quarta-feira para a segunda-feira. À época, a matéria foi aprovada pela maioria dos vereadores.

Suplente do Progressistas é empossado

A modificação na sessão não altera, porém, a data da votação do relatório da comissão processante sobre denúncia apresentada em plenário, em desfavor do vereador licenciado Antônio César da Silva Laureano (MDB). A discussão do texto acontece segunda-feira, 29, às 18h.

Os fatos foram levados ao conhecimento dos parlamentares pelo edil Roberto Alves (PP), que, por ser o vereador denunciante, fica impedido de votar na sessão de julgamento do texto da comissão. Por conta disso, foi convocado o suplente do Progressistas.

Luiz Otávio Pereira, José Luiz Siqueira, Hirã Ramos, Jackson Barbosa, Antônio da Silva, abdicaram do direito de assumir a cadeira progressista para a votação. Jairo Abílio Mendonça, popular “Jairinho da Ponta das Pedras”, foi empossado como vereador para participar da sessão.