Divulgação/PMA

Com informações repassadas por colaboradores, a Polícia Militar Ambiental (PMA) fez a apreensão de seis redes de pesca irregulares atravessadas nas águas do rio Tubarão, região de Campos Verdes, em Laguna. Os artefatos foram recolhidos na madrugada de quarta-feira, 17.

As artes de pesca estavam atravessadas de margem à margem, visando a captura do bagre e poderiam ter sido colocadas por moradores da região. Segundo Robson Veira, sargento da PMA, o número de redes retiradas de circulação é um recorde em uma noite.

   

A colocação de redes de pesca atravessadas em diversos pontos do Complexo Lagunar é uma prática proibida por lei.

Ainda no mesmo dia, os policiais ambientais apreenderam um canoa de um pescador que tentava praticar a pesca no período de defeso. O recolhimento do barco foi feito na lagoa Santo Antônio, em frente à sede da PMA, na região conhecida pela presença de marismas (espécie de capim marinho). Com o homem foram apreendidos ainda alguns quilos de camarão, posteriormente doados à uma entidade filantrópica de Laguna.

Foto: Divulgação/PMA