Maria-fumaça percorre trilhos históricos de Laguna neste sábado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 48 visualizações,  4 views today

Muito antes dos automóveis, o meio de transporte do lagunense era o trem. Pelos caminhos de ferro da histórica Estrada de Ferro Dona Tereza Cristina, inaugurada em setembro de 1884, muitas histórias foram transportadas e também, muito desenvolvimento.

Os tempos são outros. Outras formas de locomoção, ainda mais velozes, pegaram o espaço, antes reinante, dos trens. Eles continuam na ativa, mas não mais transportam passageiros, apenas cargas. A última viagem do trem-horário, locomotiva que levava os lagunenses para Imbituba, Criciúma, Tubarão, entre outras cidades pela região da ferrovia, aconteceu na década de 1970.

Mas a saudade permaneceu. E por conta disso, o Museu Ferroviário de Tubarão, organizou um passeio turístico que parte da cidade azul na manhã de sábado, 13, e tem previsão de chegada para as 10h, em Barbacena, ou, como era chamada nos tempos áureos da ferrovia, Bifurcação. Os ingressos da viagem foram vendidos antecipadamente e estão sendo esperados 170 passageiros. O retorno para Tubarão é às 17h30.

Para relembrar as memórias enquanto o trem vai realizando a viagem (com duração aproximada de 90 minutos), apresentações culturais, resgate de elementos históricos e muita interação com os passageiros estão previstas. O passeio será feita em uma maria-fumaça – locomotivas à vapor e diesel na tração de vagão em madeira.

A recepção aos turistas, com histórias e memórias, será feita pelo guia de turismo Antônio Carlos de Oliveira. Para o transporte dos visitantes entre o local de desembarque e o Centro Histórico, haverá uma “jardineira” – carro aberto com vistas à paisagem – os esperando.

A expectativa é de que até o fim do mês outros passeios como esse aconteçam. O evento conta com apoio das secretarias de Turismo e da Fazenda de Laguna.