Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Desde o dia 1º de outubro, oito ruas do Centro Histórico de Laguna contam com o estacionamento rotativo gratuito, em caráter educativo. Segundo representantes das associações comerciais do município, quem trafega pela região já encontra mais facilidade na hora de estacionar os veículos.

A presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Ondina Silveira, explica que os clientes já elogiam a aplicação do sistema. “Já notamos a diferença e os consumidores também falam sobre o assunto, principalmente quando o comércio realiza o evento ‘Sábado Legal’. Existe uma maior rotatividade de carros e motos, o que permite que mais pessoas visitem o Centro Histórico. E, claro, os lojistas já observam a diferença no aumento da movimentação”.

Para Patrick Paulino, presidente da Associação Empresarial de Laguna (Acil), o sistema agrada aos moradores e visitantes, além de gerar retorno para os empresários. “O estacionamento rotativo, mesmo sem a cobrança por vaga, está sendo muito positivo e já mostrou resultados nos primeiros dias. Hoje, já se encontra vaga com maior facilidade. Motoristas infratores já foram penalizados por não respeitarem o limite de duas horas, mostrando que o sistema é certo ao mexer com o bolso do usuário”.

O prefeito de Laguna, Mauro Candemil (MDB), disse que está satisfeito com o retorno dos usuários e comerciantes sobre os primeiros 15 dias de estacionamento rotativo. “A iniciativa vem trazendo resultados. Uma avaliação mais profunda será realizada após os primeiros 60 dias do projeto-piloto. Mas, até agora, o retorno é positivo. Nesse tempo, vamos observando o que será necessário para implantar de modo definitivo a Zona Azul”, conta Mauro.

Foto: Elvis Palma

Guarda Municipal e PM ajudam na fiscalização

O projeto-piloto segue por mais 43 dias, podendo ser prorrogado. O rotativo funciona, entre segunda e sexta, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 12h. O tempo máximo de permanência na mesma vaga é de duas horas.

A Guarda Municipal é quem está responsável pela fiscalização, mas a prefeitura diz que a PM também pode ser acionada pelos 15 instrutores do sistema em casos de infração. Até agora, dez veículos que ultrapassaram o tempo limite do estacionamento foram autuados. Ainda de acordo com a prefeitura, cada instrutor atende, em média, por dia, 100 veículos.

A multa para as infrações é no valor de R$ 195,23, com registro de cinco pontos na carteira de habilitação e remoção do veículo para o depósito.