Divulgação

Em sessão preparatória na tarde desta quarta, 26, os vereadores de Laguna elegeram a nova mesa diretora da câmara municipal. Somente uma chapa foi inscrita para a eleição, sendo escolhida por unanimidade.

Até 2020, último ano da atual legislatura, a “Casa do Povo”, terá na mesa diretora a seguinte composição: Cleosmar Fernandes (MDB, presidente); Osmar Vieira (PSDB, vice-presidente); Patrick Mattos de Oliveira (PP, primeiro-secretário); e Rodrigo Moraes (PR, segundo-secretário).

“Eu acho que é isso que levou ao resultado dessa eleição: é a forma que nós tratamos, harmoniosa e igualitária, para todos os vereadores”, comenta Fernandes. O vereador disse receber a eleição como forma de reconhecimento pelo trabalho feito.

Participaram da sessão, além dos eleitos, os vereadores Adilson Paulino (PSD); Roberto Carlos Alves (PP); Kléber Roberto Lopes (PP); Peterson Crippa da Silva (PP); Thiago Duarte (MDB); Nádia Tasso Lima (MDB); Rogério Medeiros (PP); e Valdomiro Andrade (MDB). O edil Rhoomenning Rodrigues (PSDB), não esteve presente.

Última sessão do mês acontece amanhã

A partir das 18h de amanhã, 27, os vereadores fazem a última sessão mensal. Na pauta há dois projetos para leitura e cinco para votação. Confira a pauta das proposições que serão discutidas:

Projeto de Decreto Legislativo nº 006/18 (Leitura) – Concede título de cidadão lagunense a Luiz Gonzaga Medeiros (autoria de Rodrigo Moraes e outros);

Projeto de Lei Complementar nº 042/18 (Leitura) – Acrescenta o §3º, no artigo 1º da Lei Complementar n. 374, de 28 de maio de 2018 (autoria de Osmar Vieira);

Projeto de Resolução nº 001/18 (Única votação) – Altera dispositivos do regimento interno da Câmara de Vereadores de Laguna (autoria de Cleosmar Fernandes e outros);

Projeto de Decreto Legislativo nº 005/18 (Única votação) – Concede título de cidadão lagunense a Zeno Alano Vieira (autoria de Rodrigo Moraes e outros);

Projeto de Lei Complementar nº 040/18 (1ª votação) – Insere o §2º ao Art. 468 da Lei Complementar nº 187, de 12 de dezembro de 2013 (autoria de Roberto Alves);

Projeto de Lei Complementar nº 041/18 (1ª votação) – Altera dispositivos da Lei Complementar n. 142/2006, 277/2014, 330/2015 e 340/2017 e dá outras providências (autoria do Poder Executivo);

Projeto de Lei nº 055/18 (2ª votação) – Altera dispositivos da Lei nº 1.491/2011 e dá outras providências (autoria do Poder Executivo).